Graduação

 O Campus XXII ainda conta com dois cursos de graduação a distância - História e Ciência da Computação; e três de pós-graduação - um presencial na área de Linguística e Literatura, e dois a distância, nas áreas de Pedagogia e de Libras. A essa lista, acrescenta-se 04 cursos já conclusos, também a distância, a saber: três de graduação (Matemática, Química, Educação Física) e um de pós-graduação - EAD.

Letras - Língua Portuguesa e Literaturas

O Curso de Letras promovido pela UNEB, tem como concepção formar um profissional que possa, além de refletir sobre a sua função na sociedade e compreender as mudanças sociais que o rodeiam, ser também seu agente transformador, com competência linguístico-literária e didático-pedagógico para o exercício de sua funções.

Além do ensino, esses profissionais poderão atuar em trabalhos de redação, em jornais, revistas, em setores de redação, em grupos de gestão pública e privada: em trabalho de revisão de textos para periódicos, revistas, editores e congêneres; na consultoria e na coordenação de grupos de criação, implementação e desenvolvimento de políticas educacionais, concernentes, especificamente, ao ensino de língua materna e de literaturas níveis de ensino para os quais será habilitado; poderão atuar também em ocupações que demandem do indivíduo a capacidade de lidar com a linguagem, especificamente com as línguas naturais e suas especificidades, quer as considerem apenas enquanto meio de comunicação quer as entendam como constitutivas da subjetividade.

Autorizado pelo Decreto Presidencial Nº 92.937 de 17 de julho de 1986

Engenharia Agronômica 

O Curso de Engenharia Agronômica do DCHT - Campus XXII tem como objetivo formar engenheiros agrônomos com capacidade técnico-científica e responsabilidade social, aptos a promover, orientar e administrar a utilização e otimização dos diversos fatores que compõem os sistemas de produção, transformação e comercialização, em consonância com os preceitos de proteção ambiental, legalidade além de planejar, pesquisar e aplicar técnicas, métodos e processos adequados à solução de problemas e à promoção do desenvolvimento sustentável.

Os profissionais poderão atuar em toda e qualquer empresa pública, privada ou outras que trabalham com questões voltadas para agricultura, cooperativas agrícolas, extensão agrícola, fazendas, laboratórios de pesquisas, indústrias de fertilizantes, organizações governamentais e não governamentais fundações e universidades.

Autorizado pela Resolução Nº 893/2012 do CONSU